sexta-feira, 8 de fevereiro de 2019

SOBRE O QUE VOCÊ LEMBRA DE MIM


Olá meus amores!

Hoje me veio um questionamento. Eu sempre tive uma preocupação na vida, isso e desde a minha adolescência sabe?!
Como eu vou ser lembrada depois que eu partir. Depois da minha morte como se lembraram de mim?! Ou pior, será que serei lembrada?!
E como isso minhas decisões e atitudes são baseadas nesse objetivo. Ser lembrada!
Comecei com a dança, e ai virei a menina do bonde que dançava, mas aquela não era eu. Apesar de dançar ser algo que me deixa feliz, eu não queria ser lembrada por isso.
Depois eu fiz o blog e comecei a escrever meus pensamentos. Não satisfeita comecei compartilhar dicas de cuidados pessoais, mudei o foco porquê queria levar algo a mais que palavras e talvez alcançar mais pessoas.
E ainda assim eu não conseguia o que eu queria, e foi ai que após passar por uma transformação interna e externa (estou falando da transição e do big chop), eu resolvi gravar vídeos para o youtube.
Não foi um sucesso da internet óbvio, mas me ajudou muito a ter mais coragem de falar e me expor mais, sem medo de ser julgada.
Mas até agora eu ainda não disse afinal como eu quero ser lembrada, e eu não sei como quero e em qual aspecto. Se como a menina que dançava, a mulher que escrevia, a garota que fazia vídeos idiotas ou por nada disso. Eu só sei que eu não quero ser lembrada como a pessoa que não fazia NADA. Que nunca tentou, que não teve coragem ou que deixou que seus monstros dominassem ela para o resto da vida. Aquela pessoa que não ajudou ninguém e nem sequer tentou, que apenas deixou a vida acontecer enquanto respirava.
Então pense em quem será você depois que você partir, se isso é importante para você ou não, e se for o que você está fazendo vai deixar lembranças na vidas das pessoas ou cicatrizes?!
Um beijo grande e até mais.

sexta-feira, 11 de janeiro de 2019

Depois da Terapia - Assuntos Inacabados


Olá meu amores!
A quanto tempo né?! Muita, muita, mas é muita coisa acontecendo ao mesmo tempo.
Não dá para falar sobre tudo em um post só mas seguindo os conselhos da psicóloga resolvi voltar a fazer minhas postagens, porque é algo que eu amava fazer e me fazia bem.
Talvez o foco aqui não seja mais só dicas de maquiagem e cabelo, eu vou explicar. Percebi que um dos motivos para eu deixar assuntos inacabados é a hipocrisia. Como assim?
Eu não quero falar de auto estima se eu não estou me sentido bem comigo mesma de fato. Talvez fique difícil acompanhar as loucuras aqui dessa cabeça, mas tô contando com a ajuda de vocês para voltar ao "normal".
Foram muitos assuntos, projetos e planos que ficaram pela metade, que parei por terem ficado sem sentido para mim. E falar de algo que não faz sentido é ser um muito hipócrita. Eu amava maquiagem, e ainda amo, mas não é algo que eu me preocupe mais como antes porque eu não me importo mais em como vou ser vista. E aí é que entra a questão, porque eu não me importo mais?! Entende?!
Geeeente de Deus eu vou ficar louca com tantas questões.
Se alguém aqui já fez terapia me diz nos comentários se também é assim com vocês.
Acho que começa aqui um novo ciclo do blog.
Até o próximo!