segunda-feira, 10 de outubro de 2016

Crianças Crespas e Cacheadas

Olá meus amores! Tudo bom com vocês?

Essa semana comemoramos o dia das crianças e eu não poderia deixar de falar um pouco com vocês sobre o assunto principal do nosso blog e canal certo?!
Quando paramos para ouvir a historia de uma cacheada ou crespa geralmente, e claro que isso não é uma regra, ouvimos sempre a mesma coisa: "Quando eu era criança minha mãe alisou o meu cabelo".
É obvio que se pararmos para pensar uma mãe nunca pensa no mal de um filho, pelo contrario. Elas querem nos ver felizes, sorrindo e tentam diminuir ao máximo o sofrimento que o mundo pode nos causar. Eu acredito que esse é o motivo que leva muitas mães a alisarem os cabelos de suas filhas, ou a rasparem o cabelo dos meninos. Afinal elas querem evitar que agente sofra algum tipo de discriminação ou com racismo, basta analisar que elas possivelmente já sofreram com isso, que elas cresceram acreditando que o cabelo liso era bom o crespo ruim e que os alisantes vieram para "salvar e consertar" isso. Como se fosse algo errado!


Eu me lembro de sofrer com as tranças que hoje todos fazem como moda e as chamam de trança boxeadora, eu chamava de "pesadelo". Achava horrível porque só eu tinha que usar o cabelo daquele jeito?! Deus me livre de sair com ele solto. Era no máximo metade dele solto e com dedoliss (outra coisa que eu descobri o nome agora) porque o cabelo ficava bem definido e assim o volume não era tanto. E quando ela achou que eu já suportaria a química fez meu primeiro relaxamento, em casa mesmo, sem cuidados específicos como teste de mexa. Foi Deus que não deixou que nenhum mal acontecesse, eu não a culpo, mas hoje tento fazer o contrário com minha filha.
A Ester tem 9 anos e tem um cabelo do tipo 3A/B porém vive dizendo que quer ter o cabelo liso, vive me pedindo para escovar e alisar. Mas depois da minha mudança e do meu big chop eu sinto que ela gosta um pouco mais de cachos. Olha as fotos das blogueiras que me inspiram comigo e acho lindo que agente sempre tem as mesmas reações de admiração.


Ela acha que não mas ela me inspira também, vivo dizendo que ela e linda, que tem um cabelo incrível e que papai do céu fez ela perfeita exatamente como ela é. Ela ainda resiste e não gosta muito de deixar o cabelo solto. Mas estou trabalhando isso, brinco muito com penteados porque sei que ela ama.


Mas não irei impor nada, caso ela cresça e decida alisar, vou apoiar porque sei que isso também deve ser decisão dela.
Bom minhas Tchutchucas então hoje e só um apelo para que não eremos com nossas Tchutchuquinhas, elas devem perceber que são lindas do jeitinho que são e que se quiserem mudar também vão continuar lindas. 
É claro que somos defensoras do cabelo natural por isso acabamos puxando farinha para nosso lado rsrs. 
Espero que esse post seja útil em algo na vida de vocês, um beijo e obrigada por me ouvir.



Nenhum comentário:

Postar um comentário