quarta-feira, 13 de julho de 2016

Scab Hair

Você sabe o que é Scab Hair?
Ouvir falar você já ouviu neh?! Agora se você esta em transição calma, não se desespere.

Scab hair traduzido significa "cabelo crosta" para outros "cabelo cicatrizando".
Mas como assim Aline? Eu vou explicar.
Lembra quando você achava que cuidava do seu cabelo quando usava produto químico? Pois é, cada vez que você faz algo no seu coro cabeludo você pode interferir em como seu cabelo natural vai nascer.
Ainda não estou entendendo!
E o seguinte, o scab hair e aquele cabelo natural que nasce quando você abandona as químicas porem que sofreu alterações em função das químicas. Por isso aquela sensação que terá uma textura de cabelo logo nos primeiros meses de transição, ai com o tempo você começa a ver a sua raiz diferente e quando percebemos temos em nossa cabeça três texturas de cabelo.

Agora eu entendi. Mas o scab hair e para sempre?
Então, a quem diga que o problema pode ser resolvido com hidratações e muita nutrição. Mas também temos a péssima noticia de que só acaba quando cortamos, ou seja, outro BC. Agora a minha experiencia com scab hair esta sendo a seguinte: percebi que de acordo com os tratamentos que faço, hidratações, nutrições e muito oleo vegetal nas pontas a definição desse tal de  scab hair tem melhorado, porem, eu fiquei uma semana sem umectar o cabelo e isso foi o suficiente para ele regredir tudo que tinha evoluído. Ou seja, você consegue mascarar ele, mas se quiser se livrar de uma vez desse mal vai ter que cortar.
Eu decidi esperar meu cabelo crescer mais e só depois cortar essa parte das pontas que estão o scab hair, até lá eu continuo mantendo meus cuidados.
*hidratar pelo menos uma vez por semana.
*umectação sempre antes de lavar os cabelos.
*shampoo de limpeza profunda uma vez por mês.
*receitas caseiras que ajudam a selar as cutículas do cabelo.
Espero que tenha ajudado a vocês que estão em transição e principalmente você que fez o BC (big Chop) e não sabia porque seu cabelo estava tão ressecado nas pontas.

Um beijo grande!
E obrigada por me ouvir.

Nenhum comentário:

Postar um comentário