sexta-feira, 29 de julho de 2016

Maquiagem básica para o Dia a Dia

Olá Tchutchucas!

Tem dias que agente precisa estar pronta mas que não esta muito afim de fazer maquiagem muito elaborada e nem perder tempo com contornos certo?!

Nesses casos eu digo que você tem duas opções.

A primeira é:
Saia sem maquiagem, não se prenda a nada, não deixe que algo que esta ali só para te dar prazer, te fazer mais feliz vire uma obrigação e deixe de ser leve e saudável. Não tem nenhum problema sair com a cara lavada e ninguém pode te obrigar a ser daquele mesmo jeito sempre.

A segunda é:
Se você e como eu que gosta de maquiagem pelo simples fato de gostar, que não faz por obrigação e muito menos para agradar alguém ou alguns, então vamos para frente do espelho porque vou te mostrar o que eu faço quando quero estar maquiada sem muita coisa.
Essa maquiagem não tem contornos e nem marcações, no máximo um blush para dar um ar de saúde e uma base mais clara para cobrir as olheiras porque também não usei corretivo. Usei pó para matificar a pele porque o CC Cream deixa minha pele ainda mais oleosa, por isso essa maquiagem não dura o dia todo como as outras.

Então os produtos foram:

CC Cream Mary Kay marrom escuro
Base Mary Kay Bronze 01
Pó solto Mary Kay Bronze 02
Pó compacto Avon Bronze
Lápis para sobrancelha Avon Castanho escuro
Blush Avon Amora
Iluminador Natura Aquarela
Batom Ultra Matte Avon cor Cereja

Espero que vocês curtam o vídeo e as dicas para se sentirem mais bonitas independente de como você esteja.

Um beijo grande!

E obrigada por me ouvir.

quarta-feira, 27 de julho de 2016

Hospedagem Própria

Olá Tchutchucas!





Hoje eu tenho uma novidade para vocês e essa postagem e so para divulgar isso.
Vamos mudar de "endereço", sim!
Estou ficando cada vez mais empolgada com o blog e com o canal no youtube. Por isso decidi transformar isso em algo mais profissional.
O domínio próprio me da algumas vantagens que ainda não tenho, já estou em processo de mudança porem estou aprendendo tudo sozinha, pesquisando, lendo e praticando.
Quero que esse espaço seja o mais agradável possível aos olhos de vocês, porque aqui e como se vocês entrassem no meu mundo por alguns instantes. Por isso vou me esforçar cada vez mais para que seja tão bom para vocês quanto e para mim.
O novo endereço ainda não esta ativo mas sera www.saltopreto.com.br, difícil?
Eu sei que não.
Ainnnnn estou muito empolgada.
Fiquem comigo e acompanhe a evolução dessa nova blogueirinha tá?!
Um beijo grande e obrigada por me ouvir.

terça-feira, 26 de julho de 2016

Turbantes

Olá Tchutchucas!
Quem nunca viu, fez, ou pelo menos tentou fazer aquelas amarrações fantásticas com lenços grandes mais conhecidos como turbantes rsrs?!

Bom já deu para ver que o assunto deste post envolve mais que estilo, vamos falar de cultura.

O turbante e um acessório que faz parte da cultura africana, mas acreditasse que essa possa não ser a sua origem verdadeira já que há muito tempo atrás antes do nascimento de Maomé já se usava o turbante no islamismo. Ele era símbolo de força e era posto na cabeça para proteger as ideias e pensamentos.

Já na religião monoteísta indiana eles usavam os turbantes para proteger os cabelos porque a cultura não permitia que nem homens nem mulheres os cortassem, e para proteger do clima severo do deserto.

Na África o costume era de enrolar todo o corpo com tecidos, os turbantes são um complemento do conjunto. Com minhas palavras, basicamente era se enrolar nos tecidos era uma moda e os turbantes complementavam o “look”. Mas não era só isso, a peça tinha função religiosa e social também.

Em 1930 um estilista francês introduziu a peça na moda e fez a cabeça de algumas famosas, não demorou para se popularizar no Brasil quando Carmem Miranda resolveu nos apresentar a peça. Se fez presente durante a segunda guerra mundial quando as mulheres mal podiam cuidar dos cabelos e o usavam para esconder, e depois foi a vez  do movimento Orgulho Negro trazer de volta esse acessório porém agora como forma protesto e de afirmação do povo negro.
 

Hoje é comum ver grandes grifes utilizando da beleza dos turbantes em seus desfiles, dando exuberância e charme a grandes eventos de moda.

Espero que vocês tenham gostado desse post tanto quanto eu gostei de pesquisar e saber mais sobre esse item que até ontem era apenas um acessório e hoje me mostrou que tem cultura e muita personalidade.

Um beijo grande e obrigada por me ouvir!



(imagens retiradas da internet)




terça-feira, 19 de julho de 2016

TAG: Meu Cabelo

Olá Tchutchucas!
Eu estava com saudades já, e vocês sentiram minha falta?!
Bom o video dessa semana e um TAG muito conhecida e que eu adorei responder. 
Corre lá no canal para ver!
Vou deixar as perguntas aqui para quem quiser responder também. 

1- Qual seu tipo de cabelo (oleoso, misto, seco ou normal)?
2- Defina basicamente como é seu cabelo natural (crespo, ondulado, liso, fino, grosso, armado, volumoso, pesado, ralinho etc)
3- Qual a cor natural?
4- Você tem algum tipo de química nos cabelos?
5- O que você mais gosta em seus cabelos?
6- Se como mágica, pudesse fazer alguma modificação neles, o que seria?
7- Está planejando alguma mudança (cortar, alongar, colorir, alisar etc)?
8- Você acha que existem cabelos naturalmente lindos ou acredita que é impossível exibir cabelos bonitos sem algum cuidado especial?
9- Gosta de cuidar dos seus cabelos sozinha ou prefere deixá-los nas mãos de profissionais qualificados?
10- já teve alguma decepção ou se arrependeu de algo que fez ou fizeram em seus cabelos? Conte.
11- Já descobriu algum truque, técnica ou produto que deixa seu cabelo melhor e não costuma abrir mão?
12- Cabelo inspirador! Cite uma (ou mais) famosa(s) que você se identifica em relação aos cabelos.


Beijos e obrigada por me ouvir.

quarta-feira, 13 de julho de 2016

Scab Hair

Você sabe o que é Scab Hair?
Ouvir falar você já ouviu neh?! Agora se você esta em transição calma, não se desespere.

Scab hair traduzido significa "cabelo crosta" para outros "cabelo cicatrizando".
Mas como assim Aline? Eu vou explicar.
Lembra quando você achava que cuidava do seu cabelo quando usava produto químico? Pois é, cada vez que você faz algo no seu coro cabeludo você pode interferir em como seu cabelo natural vai nascer.
Ainda não estou entendendo!
E o seguinte, o scab hair e aquele cabelo natural que nasce quando você abandona as químicas porem que sofreu alterações em função das químicas. Por isso aquela sensação que terá uma textura de cabelo logo nos primeiros meses de transição, ai com o tempo você começa a ver a sua raiz diferente e quando percebemos temos em nossa cabeça três texturas de cabelo.

Agora eu entendi. Mas o scab hair e para sempre?
Então, a quem diga que o problema pode ser resolvido com hidratações e muita nutrição. Mas também temos a péssima noticia de que só acaba quando cortamos, ou seja, outro BC. Agora a minha experiencia com scab hair esta sendo a seguinte: percebi que de acordo com os tratamentos que faço, hidratações, nutrições e muito oleo vegetal nas pontas a definição desse tal de  scab hair tem melhorado, porem, eu fiquei uma semana sem umectar o cabelo e isso foi o suficiente para ele regredir tudo que tinha evoluído. Ou seja, você consegue mascarar ele, mas se quiser se livrar de uma vez desse mal vai ter que cortar.
Eu decidi esperar meu cabelo crescer mais e só depois cortar essa parte das pontas que estão o scab hair, até lá eu continuo mantendo meus cuidados.
*hidratar pelo menos uma vez por semana.
*umectação sempre antes de lavar os cabelos.
*shampoo de limpeza profunda uma vez por mês.
*receitas caseiras que ajudam a selar as cutículas do cabelo.
Espero que tenha ajudado a vocês que estão em transição e principalmente você que fez o BC (big Chop) e não sabia porque seu cabelo estava tão ressecado nas pontas.

Um beijo grande!
E obrigada por me ouvir.

terça-feira, 12 de julho de 2016

Resenha Shampoo Bomba

Olá Tchutchucas!!!
Estou ficando meio ausente aqui no blog mas e porque eu além do blog tenho que cuidar do canal e também trabalho e sou mãe e tem casa para cuidar ai já viu neh?! Então vocês me perdoem por favor!
No vídeo dessa semana eu vim mostrar a novidade da Salon Line, o Shampoo Bomba. Então chega de receitinhas para crescer cabelo.
Estou testando o produto e estou gostando muito do efeito que ele da ao cabelo, limpa sem ressecar e embaraçar os fios.
Quanto ao crescimento eu ainda não percebi resultado até porque estou usando a pouco tempo, mas a promessa do shampoo e você ter resultados já com 15 dias de uso.
Um cuidado que eu tenho quando se trata de crescimento e não carregar o cabelo com vários produtos com a mesma finalidade. Então se estou usando a linha de crescimento da Salon Line eu evito outros que tenham Vitamina A e óleo de Rícino.
Outra coisa muito importante e a forma como você lava o cabelo com o shampoo, eu nunca passo o produto no comprimento do cabelo. Aplico ele no couro cabeludo e vou friccionando levemente para limpar o couro cabeludo intercalando com massagem sem fricção para ativar a circulação sanguínea que ajuda no crescimento. Essa dica e ótima para todo tipo de shampoo porque precisamos limpar o couro cabeludo, só a espuma e o bastante para o comprimento e assim você evita retirar o óleo natural do cabelo e diminui o ressecamento causado por produtos usados.

No vídeo abaixo eu falo sobre o produto, mas se vocês quiserem ver como eu lavo o cabelo e só deixar nos comentários que eu gravo com todo carinho do mundo.



Um beijo grande Tchutchucas e obrigada por me ouvir!

sexta-feira, 8 de julho de 2016

Make inspirada em Alice Salazar - Pele Negra



Vídeo novo! Corre no canal e assiste.

Alice Salazar lançou o desafio #fizigualAlice e eu fui fazer minha versão para a pele negra.
Confere ai porque no minimo ficou bem divertido.








Espero que gostem do vídeo e lembrem se agente não é igual a ninguém então faça as coisas darem certo para você.

Um beijo grande e obrigada por me ouvir!

segunda-feira, 4 de julho de 2016

Qual seu tipo de cabelo?

Você sabia que existe uma classificação que distingue cada tipo de cabelo? Isso facilita nossas vidas na hora de se informar como cuidar de cada tipo de fio.
Para cada categoria existem três subcategorias, ou seja: Tipo 01 A B ou C, tipo 02 A B ou C, tipo 03 A B ou C e tipo 04 A B ou C.


Cabelos tipo 01 são lisos sem ondulações, a oleosidade consegue chegar ate as pontas com facilidade fazendo com que esse tipo de cabelo tenha bastante brilho e sedosidade.
1A (Fino) – pouco encorpado, muito brilhante e com tendência a ser oleoso e grudado na cabeça.
1B (Médio) – possui fios mais encorpados e bastante volume.
1C (Grosso) – reto, pesado e dificílimo de modelar.

Cabelos tipo 02 são lisos na raiz porem com ondulações no comprimento. São versáteis devido a facilidade de modelar.


2A (Fino) – quase liso, possui fios em formato de S mais suave e é fácil de modelar (pega tanto escova quantobabyliss – apesar de tender a voltar a um formato mais próximo original rapidamente, por ser fininho).

2B (Médio) – tende a ter frizz e não é tão fácil de ser modelado, pois possui forte memória do formato original. 
2C (Grosso) – as ondas são tão intensas e menos espaçadas que já começam a formam cachos soltos.

Cabelo tipo 03 são os cabelo cacheados. Tem formato de molinha porém são abertos, esse tipos de cabelo com formato em espiral precisam de muita hidratação pois a oleosidade da raiz tem mais dificuldade de chegar as pontas.

3A (Cachos Soltos) – possui aquele tipo de cacho natural que parece ter sido feito com babyliss, bem largo e regular.
3B (Cachos Apertados) – é bem mais enrolado do que o tipo 3A, com cachos estreitos, definidos e regulares, bem espiralados.
3C (Cachos Super Apertados) – os cachos são super fechadinhos e estreitos, como a ponta de um saca-rolhas. Os fios são finos e frágeis.

Cabelos tipo 04 tambem conhecidos como cabelos crespos ou afro. Ao contrario do que se pensa e um tipo bem fino porem seco e por causa do seu formato precisa de muitos cuidados para que fique bonito e saudável.

4A (Macio) – tem cachos hiper estreitos, que parecem molinhas, não é recomendando remover a oleosidade natural dos fios, portanto, deve-se evitar lavar todo dia. Uma boa dica e caprichar nas hidratações.
4B (Seco) – as mechas têm formato de Z (zigue-zague), menos definidas do que as do tipo 4A. Sempre desembarace com um pente de dentes largos e sele com algum tipo de óleo natural (como o de coco, jojoba, argan e etc – que nunca contenha óleos minerais).
4C (Sem Forma) – possui o mesmo padrão de estrutura em zigue-zague do tipo 4B, porém alternando com áreas quase sem nenhuma definição. Os cuidados se repetem como nos tipos 4A e 4B. Cremes pesados ainda ajudam a dar uma aparência mais alongadas aos fios deste tipo. É recomendado fazer hidratações potentes a cada 3 dias.

Se você tem cabelo tipo 4 como eu tenho a melhor coisa a se dizer é ÓLEO VEGETAL. Use e abuse do uso de óleos vegetais nas hidratações e para fazer umectação. Isso vai ajudar a manter o fio saudável já que a oleosidade natural não consegue chegar até as pontas devido o formato característico desse tipo.










Agora e só achar qual seu tipo e cuidar da sua cabeleira da melhor maneira.

Um beijo grande e obrigada por me ouvir! 



(*imagens retiradas da internet)